investir

É comum ouvirmos falar sobre investimento, mas é difícil saber por onde começar. Por isso, vamos mostrar neste artigo como começar a investir! Você vai ver que investimento não é algo complicado e pode se tornar comum na sua vida. 

Aquela casa dos sonhos na praia, uma viagem pelo litoral brasileiro ou até mesmo aposentadoria complementar, são metas possíveis se você se organizar financeiramente. Com planejamento e o investimento correto, seus sonhos podem se tornar reais. 

Mas para isso, é preciso entender como investir, não é? Neste artigo,  você encontra três tipos de investimento para quem quer começar a investir. São eles: previdência privada, fundos de investimentos e CDB/RDB. 

3 tipos de investimentos para quem quer começar a investir!

Se você pensa em começar a investir, talvez não tenha noção da diversidade de possibilidades de investimento. O universo dos investimentos é enorme. Bem por isso, existe investimento para cada tipo de perfil de investidor, além daqueles que estão iniciando nesse mundo. 

Confira abaixo alguns tipos de investimentos!

1. Fundos de investimento

Para aqueles que são iniciantes no mercado, uma ótima opção são os fundos de investimento. Nesse tipo de investimento funciona assim: o investidor participa de uma comunidade com outros investidores e um gestor faz toda parte de gestão do dinheiro desses investidores. 

Nesse caso, o gestor contratado fica responsável por gerir o seu dinheiro, é ele quem busca as melhores aplicações. É um profissional que entende bastante do mercado e vai saber te ajudar. Por isso, é uma ótima opção para você que está começando a investir. 

2. Previdência privada

A previdência privada, também conhecida como previdência complementar, é um tipo de investimento indicado para quem tem objetivos de médio e longo prazo. Se você busca por uma alternativa além da previdência social, saiba que esse investimento é o mais indicado. 

Mas a previdência privada não se limita apenas a ser uma aposentadoria complementar. Aqueles que também buscam por um investimento a longo prazo, como o financiamento da faculdade dos seus filhos, saiba que também é possível. 

Dependendo do seu objetivo, você precisa escolher entre duas modalidades: aberta ou fechada. A previdência aberta é ofertada por instituições financeiras para qualquer cidadão, já a fechada é exclusiva para aqueles que têm alguma ligação com organização, grupo ou empresa. E é disponível apenas para essas pessoas. 

3. Certificado de Depósito Bancário e Recibo de Depósito Bancário (CDB e RDB)

Um dos investimentos mais indicado para quem quer começar a investir são os títulos simples das instituições financeiras. São eles o CDB e o RDB. 

Esses títulos servem para financiar suas atividades no crédito. Sendo assim, o cliente faz um empréstimo para uma instituição de sua preferência e recebe uma rentabilidade diária. 

Mas é importante ressaltar que existem três tipos de CDB e RDB em relação a suas taxas de rentabilidade:

  • os prefixados, modalidade em que os juros são firmados no momento do investimento;
  • os pós-fixados, que baseia seus valores em uma taxa de referência (geralmente o CDI);
  • e os mistos, a modalidade que paga os juros de acordo com o valor da inflação, além de uma porcentagem fixa.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem